CBO em Ação

Prevenção e tratamento ao diabetes mobiliza unidades de saúde em Ribeirão Preto, Presidente Prudente e São Paulo

Prevenção e tratamento ao diabetes mobiliza unidades de saúde em Ribeirão Preto, Presidente Prudente e São Paulo

Com o apoio do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), milhares de pessoas farão exames pare evitar problemas que podem levar à cegueira

 

A partir desta semana, as ações em alusão ao Dia Mundial do Diabetes (14 de novembro) chegam ao município de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. Unidades Básicas de Saúde (UBSs) selecionadas para representar os cinco distritos da cidade oferecerão, nos dias 26 e 27 de outubro e 4, 9 e 11 de novembro, exames especializados aos pacientes diabéticos acompanhados pela rede pública.

A atividade, capitaneada por oftalmologistas em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), tem como foco a detecção da retinopatia, complicação grave do diabetes que pode levar à cegueira. O grupo conta com o apoio institucional do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), que coordena uma série de ações com foco no Novembro Azul, mês dedicado à conscientização sobre o diabetes.

Triagem - No primeiro dia da ação (26), mais de 60 pacientes selecionados e previamente agendados tiveram acesso aos equipamentos de mapeamento de retina, oftalmoscopia binocular indireta e retinógrafo portátil para análise da saúde ocular. Ao todo, cerca de 700 pessoas passarão pela triagem até o final da iniciativa. Conforme salienta a oftalmologista Francine Cyrino, coordenadora do projeto, o diabetes é responsável por provocar alterações nos vasos sanguíneos do corpo humano, com graves implicações associadas à retina, além de coração, rins e membros inferiores.

“Nesse contexto, o exame de fundo de olho para detecção da retinopatia diabética tem importância central, pois os olhos são órgãos aparentes. Através desse exame, é possível observar de forma clara se há alterações vasculares no paciente. Por outro lado, os órgãos internos, como rins e coração, exigem exames de maior complexidade e, no geral, quando emitem sintomas de alerta, o problema já está em estado avançado no organismo”, acrescenta.

Covid-19– Em função da pandemia de Covid-19, neste ano, a telemedicina está sendo utilizada como ferramenta fundamental para a realização das atividades de prevenção ao diabetes e atendimento a pacientes com diagnóstico da doença. Em cada oportunidade, as equipes locais de enfermagem manuseiam, presencialmente, os equipamentos e uma equipe de médicos, à distância, realiza a emissão do laudo diagnóstico.

A mesma dinâmica de assistência médica, com tecnologia de telediagnóstico, será usada na ação de prevenção da retinopatia diabética que beneficiará, aproximadamente, 1,5 mil pacientes da rede pública de saúde, na capital de São Paulo. A atividade, que facilitará o acesso à avaliação médica, será organizada pelo Instituto dos Olhos (IPEPO), também com apoio do Conselho Brasileiro de Oftalmologia. Os atendimentos ocorrerão de 2 a 27 de novembro, no bairro do Butantã, Zona Leste da capital paulista.

“A intenção é rastrear de forma célere os diabéticos que já fazem parte do sistema de assistência na rede pública e não estão classificados como pacientes de risco, mas têm potencial considerável de desenvolver a retinopatia. Vamos aproveitar a estrutura e o fluxo de 16 UBSs da região, a fim de evitar aglomerações”, informa o oftalmologista Paulo Henrique Morales, coordenador do projeto, que também conta com o suporte da Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) e da Associação Nacional de Atenção ao Diabetes (ANAD).

Presidente Prudente – Já o Mutirão de Diabetes de Presidente Prudente acontecerá com duas estratégias de atendimento. A primeira prevê consulta presencial de pacientes diabéticos pré-agendados, por meio de aplicativo específico, em clínica particular da cidade. As marcações serão entre 16 de novembro a 31 de dezembro. A outra opção envolve a realização de teleconsulta, de segunda à sexta, durante novembro e dezembro. Nesse caso, a assistência envolverá UBSs do município, associadas ao monitoramento mensal dos pacientes diabéticos.

Ao fim do atendimento, os pacientes diagnosticados com retinopatia diabética serão encaminhados à Associação de Apoio ao Paciente Renal Crônico (Carim) para uma nova etapa de avaliações com equipe médica especializada, incluindo a realização de exames nefrológicos, endocrinológicos, cardiológicos, entre outros.

Campanha nacional – Outra ação dentro do Novembro Azul acontecerá no dia 21 daquele mês. Para esclarecer diferentes dúvidas sobre o diabetes, especialmente como proteger a saúde dos olhos, o Conselho Brasileiro de Oftalmologia realizará uma maratona de atividades com foco em ações nas mídias sociais. A iniciativa apresentará durante 24 horas entrevistas e palestras com dicas de prevenção.

Na ocasião, serão apresentados ainda depoimentos de pacientes, de artistas e celebridades que enfrentam o diabetes, além de várias reportagens sobre o tema. A ação digital também contará com a participação dos usuários das redes sociais, que poderão enviar perguntas, depoimentos e comentários. A programação completa ficará disponível na página do CBO.


Deixe um comentário

Compartilhar artigo nas redes sociais

Outras publicações

MPMT determina a divulgação da decisão ADPF 131 à Vigilância Sanitária e ao Conselho Brasileiro de Óptica e Optometria CBO em Ação

MPMT determina a divulgação da decisão ADPF 131 à Vigilância Sanitária e ao Conselho Brasileiro de Óptica e Optometria

CBO obtém liminar no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul para impedir atuação irregular de optometrista CBO em Ação

CBO obtém liminar no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul para impedir atuação irregular de optometrista

CBO pede a veículos de comunicação o esclarecimento de publicação equivocada CBO em Ação

CBO pede a veículos de comunicação o esclarecimento de publicação equivocada

Você precisa estar logado para acessar essa página

FALE COM O CBO