Informativos Jurídicos

Cartilha educativa orientará população do Tocantins sobre riscos da optometria para a saúde ocular

Cartilha educativa orientará população do Tocantins sobre riscos da optometria para a saúde ocular

INFORMATIVO JURÍDICO Nº 109/2022

DEPARTAMENTO JURÍDICO DO CBO

 

O Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), em conjunto com os Procons Estaduais e Municipais do Tocantins, elaborará cartilha para orientar a população sobre os riscos de se submeter a atendimentos com profissionais sem a devida formação. A iniciativa partiu das preocupações relacionadas ao crescente número de denúncias em que optometristas são acusados de praticarem atos privativos da medicina, como diagnóstico e prescrição de tratamentos.

Representantes do Departamento Jurídico do CBO viajaram a Palmas, capital tocantinense, e ao município de Gurupi para alinhar a elaboração do material educativo junto aos órgãos responsáveis pela defesa e proteção do consumidor. Durante as reuniões, foram levantados os riscos da atuação irregular dos optometristas à saúde ocular da população do estado.

Após finalizada, a cartilha será enviada para todos os Procons Municipais do Estado de Tocantins. Exemplares também serão distribuídos para a população. O material ainda terá uma versão digital para acesso no próprio portal eletrônico do Procon Estadual. Este é mais um exemplo da atuação do CBO em defesa da saúde ocular da população. As ações educativas, elaboradas com o apoio de órgãos estaduais e municipais ao redor do Brasil, têm sido uma das formas de combater o exercício ilegal da medicina pelos optometristas, em defesa do ato médico e da saúde ocular da população.


Deixe um comentário

Compartilhar artigo nas redes sociais

Outras publicações

A pedido do CBO, Justiça proíbe optometrista de realizar atos médicos em Feira de Santana (BA) Informativos Jurídicos

A pedido do CBO, Justiça proíbe optometrista de realizar atos médicos em Feira de Santana (BA)

Ótica é proibida de promover o exercício ilegal da medicina em Pirapozinho (SP), após denúncia do CBO Informativos Jurídicos

Ótica é proibida de promover o exercício ilegal da medicina em Pirapozinho (SP), após denúncia do CBO

Após denúncia do CBO, Justiça interrompe atuação ilegal de optometrista em Ituiutaba (MG) Informativos Jurídicos

Após denúncia do CBO, Justiça interrompe atuação ilegal de optometrista em Ituiutaba (MG)

Conselho Brasileiro de Oftalmologia | Todos os direitos Reservados 2023
Rua Casa do Ator, 1117 Cj. 21 CEP: 04546-004 São Paulo - SP
Tel:+55(11)3266-4000 | www.cbo.com.br | Politica de Privacidade


Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube

Você precisa estar logado para acessar essa página

FALE COM O CBO