CBO em Ação

CBO e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) definem estratégias de atuação contra exercício ilegal da Oftalmologia

CBO e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) definem estratégias de atuação contra exercício ilegal da Oftalmologia

O Departamento Jurídico do CBO participou de reunião com representantes do CONASEMS, na qual explicou o cenário brasileiro após o julgamento da ADPF 131 e a necessidade de instrumentalização de meios práticos juntos aos órgãos de fiscalização para dar eficácia e efetividade ao decidido pelo STF, principalmente junto às Vigilâncias Sanitárias Municipais na atuação contra ações ilegítimas praticadas por Optometristas.


Definiu-se que:


- O CBO elaborará uma cartilha que será distribuía pelo CONASEMS às 5570 Visas Municipais;
- O CONASEMS divulgará nota sobre o assunto em seu site;
- O CBO participará de uma ‘LIVE’ sobre o tema, com a presença de médicos a fim de explicar melhor os riscos técnicos de atendimento por profissionais não habilitados para todos os fiscais do país.
Este é mais um fruto do trabalho sério e estruturado realizado pelo Departamento Jurídico do Conselho Brasileiro de Oftalmologia.


CBO em Ação: SEMPRE!
 


Deixe um comentário

Compartilhar artigo nas redes sociais

Outras publicações

“Saúde Ocular  é com o Médico Oftalmologista” - Entrevista do Presidente CBO à CNN CBO em Ação

“Saúde Ocular é com o Médico Oftalmologista” - Entrevista do Presidente CBO à CNN

Após denúncia dos oftalmologistas, a Justiça do Piauí proíbe mutirões de consultas e exames feitos por não médicos CBO em Ação

Após denúncia dos oftalmologistas, a Justiça do Piauí proíbe mutirões de consultas e exames feitos por não médicos

Justiça de Goiás proíbe optometrista de cometer atos que são exclusivos de médicos oftalmologistas CBO em Ação

Justiça de Goiás proíbe optometrista de cometer atos que são exclusivos de médicos oftalmologistas

Você precisa estar logado para acessar essa página

FALE COM O CBO