CBO em Ação

CBO OBTÉM LIMINAR PARA SUSPENDER PRÁTICA DE ÓTICA E OPTOMETRISTA QUE EM CONJUNTO REALIZAVAM ATOS EXCLUSIVOS DO PROFISSIONAL MÉDICO E PUBLICITAVA SEUS ATENDIMENTOS

CBO OBTÉM LIMINAR PARA SUSPENDER PRÁTICA DE ÓTICA E OPTOMETRISTA QUE EM CONJUNTO REALIZAVAM ATOS EXCLUSIVOS DO PROFISSIONAL MÉDICO E PUBLICITAVA SEUS ATENDIMENTOS

INFORMATIVO JURÍDICO CBO n° 40/2021

O Departamento Jurídico do CBO ajuizou Ação Civil Pública sob nº. 0000370-51.2021.8.17.3410 em desfavor de optometrista, com o intuito de suspender a realização de exames, prescrições de lentes de grau e afins que operava junto à ótica.

O Juiz da 2ª Vara Cível da Comarca de Surubim/PE, Dr. Joaquim Francisco Barbosa, assertivamente concedeu a medida liminar para que tanto o Optometrista quanto a Ótica, se abstenham da realização de consultas, exames, atendimento a pacientes, manutenção de consultório, adaptação de lentes de contato e prescrição de lentes de grau e a não aviarem receitas sem a devida prescrição médica, devendo cumprir o disposto nos Decretos 20.931/32 e 24.492/34. Além dos impedimentos impostos, o Magistrado ainda decidiu que a Ótica retire imediatamente qualquer tipo de publicidade de suas redes sociais.

Outra novidade, foi o pedido do Magistrado para oficiar a Vigilância Sanitária Municipal para fiscalizar o consultório e suspender/revogar o alvará de funcionamento com a apreensão de equipamentos encontrados nas dependências da Ótica Requerida.

O Departamento Jurídico do CBO continua a diligenciar junto aos órgãos de fiscalização municipais e estaduais, para que a decisão da medida liminar seja cumprida. Essa vitória destaca a importância da oftalmologia e reforça ainda mais a necessidade do zelo ao exercício da profissão dos Oftalmologistas conforme o entendimento do STF apontado no julgamento da ADPF nº 131.

DEPARTAMENTO JURÍDICO DO CBO
15/06/2021


Deixe um comentário

Compartilhar artigo nas redes sociais

Outras publicações

Nota Pública acerca do Projeto de Reforma Tributária CBO em Ação

Nota Pública acerca do Projeto de Reforma Tributária

DECISÃO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PROIBIU QUALQUER EVENTO OFTALMOLÓGICO REALIZADO POR OPTOMETRISTAS CBO em Ação

DECISÃO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PROIBIU QUALQUER EVENTO OFTALMOLÓGICO REALIZADO POR OPTOMETRISTAS

Justiça da Bahia determina fechamento de clínica não autorizada para fazer o atendimento oftalmológico da população CBO em Ação

Justiça da Bahia determina fechamento de clínica não autorizada para fazer o atendimento oftalmológico da população

Você precisa estar logado para acessar essa página

FALE COM O CBO