CBO em Ação

Em sua 4ª Convenção, o CBO avalia resultados em 2020 e planeja as ações para 2021

Em sua 4ª Convenção, o CBO avalia resultados em 2020 e planeja as ações para 2021

“Esse encontro é um marco da coesão verificada entre as lideranças da oftalmologia brasileira, unidas pelo propósito comum de elaborar diretrizes em defesa da especialidade e da oferta de atendimento qualificado à população do País”. Foi com essas palavras que o presidente do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), José Beniz Neto, sintetizou o objetivo da 4ª Convenção, realizada pela entidade para articular metas e fortalecer o trabalho dos oftalmologistas no Brasil.

O evento, promovido nos dias 29 e 30 de janeiro, em formato virtual devido à pandemia de covid-19, congregou cerca de 90 experts da área, entre membros da diretoria do CBO, presidentes de filiadas estaduais, presidente de sociedades temáticas, membros da Turma de Lideranças de 2020 e do Conselho de Diretrizes e Gestão (CDG), além de representantes do poder público.

 

Contas - O primeiro dia de debates foi dedicado a apresentar as principais atividades protagonizadas pelo CBO ao longo de 2020. Desse modo, houve uma prestação de contas à comunidade oftalmológica e a avaliação dos resultados do trabalho exercido pela entidade. O balanço incluiu o debate sobre os avanços conquistados no combate à invasão de competências sofrida pela especialidade.

Em apresentação ministrada pelo assessor jurídico do CBO, Alejandro Bullón, a sessão enfatizou a decisão expedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em favor da entidade no contexto da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 131. A Corte manteve a limitação do exercício profissional de não médicos, garantindo apenas aos oftalmologistas o direito de instalar consultórios e prescrever lentes de grau.

Temas - Durante o encontro, também foram discutidos temas como: as perspectivas de atuação do Poder Legislativo, em 2021, e seus efeitos para a oftalmologia, sob a condução do assessor parlamentar Napoleão Puentes Salles; e o ensino da oftalmologia, com palestra da coordenadora da Comissão de Ensino do CBO, Maria Auxiliadora Frazão.

Ainda foram abordados: os desafios na saúde suplementar, com comentários do membro da Comissão de Saúde Suplementar (CSS), Frederico Pena; e a inclusão da oftalmologia na Atenção Primária, por meio do programa Enxerga Brasil, com a apresentação em vídeo da secretária de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro.

Congresso - A primeira parte da 4ª Convenção também serviu para detalhar os preparativos do 65º Congresso Brasileiro de Oftalmologia, previsto para ocorrer presencialmente, de 28 a 31 de agosto de 2021, em Natal (RN); assim como discorrer sobre a experiência positiva do 64ª Congresso Brasileiro de Oftalmologia, realizado de 4 a 7 de setembro de 2020, de maneira pioneira em formato online, a partir de Campinas (SP).

Na oportunidade, o vice-presidente do CBO, Cristiano Caixeta, analisou ainda a repercussão do projeto “24 horas pelo Diabetes”, iniciativa online da campanha Novembro Azul 2020, que mobilizou profissionais de saúde, pacientes e celebridades em prol da conscientização a respeito do diabetes. Na avaliação de Caixeta Umbelino, as atividades promovidas em formato virtual - reportagens, entrevistas e serviço de teleorientação – representaram uma resposta inovadora da entidade aos desafios impostos pela covid-19 e pelas vigentes regras de distanciamento social.

Os projetos para o aprimoramento da comunicação do CBO junto aos seus associados e ao público em geral também foram debatidos pelo atual presidente da entidade, José Beniz Neto, e pelo ex-presidente, Hamilton Moreira.

Planejamento - O segundo dia da 4ª Convenção foi reservado à apresentação das ações planejadas para 2021, com foco na exposição dos eixos de atuação da entidade, entre eles: ação social, comunicação, relacionamento com o associado e com o público leigo.

Além disso, durante a sessão, enquetes e debates em grupo foram promovidos para discutir: o currículo mínimo por competências para a oftalmologia; a pandemia e o novo normal para a especialidade; a teleoftalmologia; e os novos desafios da saúde suplementar.

“Essa oportunidade de debater em conjunto, com espaço para a contribuição de todos, é um passo fundamental para transformar os anseios da comunidade oftalmológica em iniciativas concretas. Neste 2021, em que o CBO comemora 80 anos de sua fundação, vamos prosseguir alinhando os entendimentos e trocando experiências para garantir que as metas em prol da valorização da oftalmologia e de uma assistência qualificada sejam alcançadas”, finalizou o presidente do CBO, José Beniz Neto.

 

 


Deixe um comentário

Compartilhar artigo nas redes sociais

Outras publicações

Alerta CBO e SBRV aos Oftalmologistas Brasileiros CBO em Ação

Alerta CBO e SBRV aos Oftalmologistas Brasileiros

Vantagens do Associado CBO CBO em Ação

Vantagens do Associado CBO

CBO denuncia abusos de operadora de saúde no Distrito Federal para órgão de defesa do consumidor CBO em Ação

CBO denuncia abusos de operadora de saúde no Distrito Federal para órgão de defesa do consumidor

Você precisa estar logado para acessar essa página

FALE COM O CBO