CBO em Ação

Justiça da Bahia determina fechamento de clínica não autorizada para fazer o atendimento oftalmológico da população

Justiça da Bahia determina fechamento de clínica não autorizada para fazer o atendimento oftalmológico da população

A Justiça baiana reforça o papel da oftalmologia na assistência à população, protegendo-a de riscos de exposição a atos praticados por não médicos. A 2ª Vara da Comarca de Feira de Santana (BA) concedeu liminar e determinou a apreensão de equipamentos e o fechamento de clínica operada por optometristas, proibindo o atendimento de tais profissionais ao público.

A decisão do juiz Glautemberg Bastos de Luna atende todas as medidas solicitadas pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) por meio de Ação Civil Pública (nº 8007035-76.2021.8.05.0080). Impetrada pelo Departamento Jurídico da entidade, a ação pediu a suspensão imediata de atendimento ao público e da realização de avaliações oculares, acompanhamentos, exames, diagnósticos nosológicos, prescrição de lentes de grau e instalação de consultório de optometria.

CONHEÇA A DECISÃO AQUI

 Em sua decisão, o juiz Bastos de Luna também determinou que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) seja oficiada a realizar vistoria no local para confirmar a instalação de consultório de optometria. Além do fechamento, a liminar estabeleceu a apreensão dos equipamentos e a revogação do alvará de funcionamento

“Nós estamos atuando em todo o Brasil contra a prática ilegal da medicina, com o intuito de proteger a saúde da população”, afirma José Beniz Neto, presidente do CBO. “Denunciar a prática ilegal da oftalmologia é uma ação decisiva para impedir danos irreparáveis ao cidadão. Faremos isso de forma incansável”, acrescentou.

O Departamento Jurídico do CBO continuará acompanhando junto aos órgãos de fiscalização municipais e estaduais da Bahia para que a decisão da medida liminar seja cumprida em sua integralidade. O Conselho se mantém mobilizado para que o entendimento assentado no julgamento da ADPF nº 131, assim como o de demais legislações, prevaleça em todo o país.


Deixe um comentário

Compartilhar artigo nas redes sociais

Outras publicações

Nota Pública acerca do Projeto de Reforma Tributária CBO em Ação

Nota Pública acerca do Projeto de Reforma Tributária

DECISÃO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PROIBIU QUALQUER EVENTO OFTALMOLÓGICO REALIZADO POR OPTOMETRISTAS CBO em Ação

DECISÃO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PROIBIU QUALQUER EVENTO OFTALMOLÓGICO REALIZADO POR OPTOMETRISTAS

Após representação do CBO, Ministério Público de Sergipe pediu a abertura de inquérito contra exercício ilegal da medicina por optometrista CBO em Ação

Após representação do CBO, Ministério Público de Sergipe pediu a abertura de inquérito contra exercício ilegal da medicina por optometrista

Você precisa estar logado para acessar essa página

FALE COM O CBO